18/05/2016

Os 23 convocados para o Euro 2016

Os esperados:

GR: Patrício e Lopes
D: Vieirinha, Cedric, Eliseu, Guerreiro, Pepe, Carvalho, Fonte
M: William, Danilo, André Gomes, João Mário
A: Rafa, Nani, Ronaldo

Os duvidosos:
Eduardo - não me choca, preferia o Marafona, mas o 3º GR é indiferente (podia também ter sido o Beto).
Bruno Alves - se era para levar 4 centrais, preferia o Neto. Na realidade acho que o lugar será do Ruben Semedo mais cedo ou mais tarde, mas agora não se justifica.
João Moutinho - a dúvida era só pela condição física, se estiver em forma acho que merece. Se for só pelo estatuto, acho mal, mas também acontece. Aguardemos.
Adrien - por mim não havia grandes dúvidas, mas falou-se dele como sendo dúvida. Merece claramente.
Renato Sanches - não me choca minimamente, só acho que não faz falta face às opções que temos para a posição. Preferia ter levado o Pizzi, fazia mais falta e dava outra versatilidade às opções do banco.
Quaresma - considerando a lesão de Bernardo Silva, não me choca particularmente. Mas não vejo o que pode trazer à equipa no sistema de jogo que o selecionador usa.
Éder - o argumento é que não há outro. Eu por acaso acho que há, não necessariamente com as mesmas características, mas há. Sucede que não são de facto muitos. Penso em Diogo Jota, por exemplo, mas, segundo parece, está lesionado. Fora do lote dos evidentes, apareceriam outros nomes, como Hugo Vieira, mas já parece um bocadinho "rebuscado".  A solução poderia passar pela brigada do reumático (Almeida ou Postiga) mas convenhamos que não faria sentido. Eu teria testado todas as soluções antes de chegar ao ponto em que teria que convocar Éder. Mas o facto é que, neste momento, com as lesões (Danny, Bernardo, Jota) e alguma rigidez nas apostas no ataque, sobra... Éder.

Apreciação geral: convocatória relativamente pacífica, o único jogador que acho que faria falta e não vai é o Pizzi, no demais aceitam-se as opções.

Sem comentários:

Enviar um comentário