19/05/2015

Esqueçamos, por momentos, o treinador Marco Silva

Alguém acha razoável o que se tem passado no Sporting ultimamente?

Alguém acha razoável o acumular de conflitos internos e externos?

Alguém acha razoável culpar a performance desta época pela falta de definição do orçamento?

Alguém acha razoável que nos andemos publicamente a queixar da imensa dificuldade em encontrar um patrocinador?

Alguém acha razoável que seja tão fácil carregar num botão provocatório para ter o presidente numa conferência de imprensa?

Alguém acha razoável que se insultem permanentemente jornalistas e depois se exija deles o que quer que seja?

Pensem no caminho que estamos a fazer. E onde isto tudo nos vai levar. Ao sítio do costume. Não, não é ao Pingo Doce...

17 comentários:

  1. Koba,

    Interessantes perguntas, curiosidade pelas respostas, se as houver. Eu fico-me por um "All Quiet on the Western Front"...

    ResponderEliminar
  2. Koba,

    todos sabemos onde isto vai acabar. Parece óbvio e (quase) merecido.
    Se existisse um manual de como gerir um clube e seus activos, percebia-se que se está a fazer tudo ao contrário do que está lá.
    A instabilidade gerada de dentro é insustentável e inconcebível. Não se percebe como se erra tanto, em tão pouco tempo e de maneira recorrente, sem aprender nada.

    Digo aqui o que já disse noutros espaços. No sábado, naquela conf. de imprensa dada ao princípio da noite, vi um homem doente e não um Presidente de um clube (que, infelizmente, neste caso é o Sporting Clube de Portugal). O discurso egocêntrico, oco, focado no acessório e não no essencial, com um alvo claro (e não, não era a Comunicação Social), são patologias perigosas e que não podem passar em claro.

    Tenho medo do dia 31. Não pelo resultado (se for uma derrota, é só mais uma, o que é isso? custa? claro e muito!), mas sim pelo discurso que virá a seguir onde e vai desmontar todo esta paz podre entre Marco Silva e Direcção, onde se vai assistir a conteúdos que nos vão envergonhar a todos.

    Até aqui o Sporting cansava-me (e o cansaço pode mesmo levar à Morte). A partir daí o Sporting vai-me envergonhar.

    um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Cantinho. Um homem doente e sem a mínima noção disso.

      Eliminar
  3. Koba,

    A facilidade com que uma "pseudo-notícia" causa uma tempestade destas é inconcebível...

    Cumps

    ResponderEliminar
  4. Caros,

    Um amigo, a propósito deste tema, falou-me de uma frase do Millor Fernandes que é como segue: "Se você acha que está maluco é porque não está. Mas, se você acha que todo o mundo está maluco, então está".

    Eu poria de outra forma - quando toda a gente tem problemas comigo, se calhar é o momento para me questionar se não serei eu a criar problemas com toda a gente.

    RMSCP, não é inédito, como sabe.

    E quando vejo sportinguistas que considero inteligentes a procurarem subterfúgios para evitar ver o óbvio, fico preocupado. Um bom exemplo é a história do telefonema, fiquei pasmado com o debate no A Norte de Alvalade.

    A frase supostamente é esta: "Hoje saiu uma notícia num jornal, que o Marco Silva já desmentiu, e fez muito bem, mas não houve um telefonema do Treinador do Sporting ao Presidente, a falar directamente e a desmentir directamente. O que considero normal, porque está 100% focado em vencer o jogo de amanhã! E é isso que os Sportinguistas querem."

    Considerar que a parte do "não houve um telefonema" é inocente e explicada pela parte do "considero normal" já não é fanatismo ou cegueira: é não querer ver que aquilo foi dito ali precisamente para que todos soubéssemos que não houve um telefonema. E depois indignamo-nos com os jornais que usam o título "Marco não ligou a Bruno"...

    Sinceramente, como diz o Cantinho, ando cansado. Muito cansado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Koba,
      fico aliviado com ao lê-lo. Eu vi a conferência em directo e percebi no imediato o alcance. Ao meu lado quem nem sequer liga nada ao futebol, ao Sporting e não quer saber quem é o Marco, o Bruno ou o zé da esquina, teve a mesma interpretação.

      Mas o pior não é haver interpretações diferentes, o que devemos admitir com naturalidade. O que me parece grave é o procedimento usual, em circunstâncias como esta: é a tentativa de descredibilização com frases não foi bem assim, etc. etc.

      Repare no que se disse quando o CM aventou a possibilidade de patrocinio da Guiné Equatorial. Ah e tal é o CM. Ou pior: "Record, Correio da Manhã, A Bola, O Jogo e A Norte de Alvalade, tudo contra o Sporting. Preferiam o Godinho Lopes, o Bettencourt, o Soares Franco, não é?"

      Quando se discute matérias desta importância com este nível de argumentação fico com ideia que merecemos o que de pior nos possa acontecer.

      Eliminar
    2. Repare Leão,

      Neste país (e neste clube em particular) não é possível dizer que "Godinho Lopes foi um desastre, mas também não estou satisfeito com BC".

      É impossível.

      Quem acha que BC está a provocar danos complicados ao clube, quer o regresso de Godinho Lopes. Só pode.

      Aí, a conversa da exigência fica na gaveta. Eu não posso exigir melhor do que BC.

      Haja paciência.

      Eliminar
    3. essa frase sobre os problemas é na mouche.

      será que está toda a gente mal e apenas o presidente do Sporting bem?

      as vezes meio a serio meio a brincar digo que existe uma conspiração galáctica contra o Sporting e em especial o seu presidente, porque se ele consegue ver que todos são maus e apenas ele o bom, ao ponto de entrar em guerra com meio mundo e desconfiar de outro meio

      Eliminar
  5. O Bruno de Carvalho vai ter o mesmo destino do Mário Figueiredo, porque o dinheiro está-se a acabar. É só fazer as contas, como dizia o fulano que fugiu do "pântano".

    ResponderEliminar
  6. Império dos Temakis19 de maio de 2015 às 16:20

    A preocupação, avaliação e conhecimento dos meandros decisórios de um clube de futebol de que se gosta é um pouco como escrutinar com minúcia a qualidade, quantidade e potência (em volume) do passado sexual da nossa cara metade.

    Há coisas que é melhor não saber.

    ResponderEliminar
  7. Império dos Temakis --> Lool

    Koba, Leão de Alvalade, Cantinho,
    Tenho lido sempre o que se vai escrevendo pelos vossos blogues, sempre com interesse, mas com cada vez menos paciência para encarar a discussão do "se está mal é porque querias o Godinho...".
    É que por acaso há coisas que se faziam melhor, muito melhor, no tempo das direcções "croqueteiras".

    O Sporting neste momento é um clube desorganizado, ao sabor da desorçamentação total e da guerrilha com o tudo e com o nada.

    Estou cansado, sigo o mote dado pelo Império dos Temakis, gosto do Sporting mas sem querer saber, ao mesmo tempo a paixão vai-se esfumando...

    ResponderEliminar
  8. faço minhas as palavras do dash, elas reflectem o que sinto

    http://furialeonina.blogspot.pt/2015/05/estou-farto-desta-merda.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António, o título, neste post, é particularmente relevante. Já não estou a discutir se o Marco Silva fica ou não fica, creio que já todos percebemos que não fica.

      Isto dito, duas notas:
      - penso que temos o direito de exigir mais de Bruno de Carvalho, independentemente do trabalho dos que o antecederam;
      - penso que temos o direito de o exigir sem colocar em causa a sua posição de presidente, eleito com toda a legitimidade.

      O facto de eu criticar BC não implica que (i) prefira quem o antecedeu ou (ii) queira que saia.

      Por isso, com todo o respeito pelo Dash, o que ele escreve não faz sentido. Comentei isto mesmo no blog dele agora mesmo.

      SL

      Eliminar
    2. http://furialeonina.blogspot.pt/2015/05/estou-farto-desta-merda.html

      Pura churadeira sem argumentos. Um típico calimero.

      Eliminar
    3. É choradeira. Preferia era que comentasses no sítio certo!

      Eliminar
  9. Bruno de Carvalho teve o mérito de romper com o passado e de forma rasante com o passado, executando um diálogo feito por outros de forma abrupta, o que neste caso era a única forma de ser executado.

    Mas a utilidade de Bruno de Carvalho, a meu ver, ter-se-á esgotado quando passou a ser o argumentista do guião dos destinos do clube. É aqui que se vê a sua impreparação, falta de bom senso e narcisismo: foi competente e autoritário a desempenhar uma agenda escrita pelos credores, está perdido e à deriva na estruturação duma estratégia própria.

    Bruno de Carvalho tem, como todos, virtudes e defeitos, mas destes há um que vai levar à sua capitulação (espero que não à do Sporting): prepotência. Quem, achando estar sempre certo, assume que erra e aprende com os erros?

    Anónimo Silva

    ResponderEliminar
  10. Koba,

    Cansa, cansa-se e cansa-nos...
    A volta olímpica no último jogo foi mais uma canseira ( para ele que está fora de forma).
    Estou de acordo com o Anônimo silva.
    Olha que Belf&@"€ que se arranjou em tão pouco tempo.

    ResponderEliminar