04/02/2015

Não quero ser acusado de graxista!

A propósito disto, e porque nunca se sabe o que o futuro nos reserva, queria desde já afirmar que:

a) nas consolas, era o que calhava; mas

b) sempre fui mais de BMP/Manager/CM/FM.

Eis os clubes que escolhia:

BMP (Inglaterra, qualquer liga, começava sempre na III mas eu fazia batota...): 

Sheffield Wednesday/Derby County/Wolverhampton/Tottenham

Manager (aquele de 92 ou 93, do campeonato italiano):

Pisa/Napoli/Verona

CM (99/2000, principalmente):

Portugal: Sporting (claro!), Vitória de Guimarães, Farense (o meu 2º clube)

Inglaterra: Middlesbrough (onde descobri o mago Sigporsson), Newcastle, Tottenham

Alemanha: Werder Bremen

Brasil: Vence o Fluminense, com o verde da esperança...

Itália: Napoli, outros só quando jogava a 2 ou a 3 (os cães escolhiam sempre equipões, eu tinha que ir para Juve ou Milan...)

Cheguei a jogar na Grécia, com o PAOK...

FM:

Não queria ganhar fácil...

Portugal: Sporting (claro!), Estoril

Inglaterra: Norwich, Derby County (talvez a minha melhor performance de sempre num primeiro ano, obrigado Olivier Kapo), Middlesbrough, Blackpool

Alemanha: Monchengladbach

França: Saint Etienne

Itália: Palermo, Sassuolo (sim, fui o primeiro a acreditar!), Fiorentina

***

Se um dia for contratado para diretor desportivo de um clube que não os acima listados, já sabem que estou a mentir quando disser "escolhia sempre este clube no FM".

5 comentários:

  1. eu era mais de Cm, primeiro da época 97/98 se não engano onde existiam planteis com máximo de 32 jogadores

    jogava na liga holandesa com o ajax( aquilo dava para todos os anos contratar o melhor marcador e a revelação do campeonato e chegar a ter um plantel de 32 jogadores, com 16 avançados)

    e jogava a liga escocesa com o rangerse foi ai que criei a minha versão da tatica em diamante.

    depois o da época 01/02 em que jogava em Portugal com o Sporting( dupla niculae/ Jardel com o quim do marítimo como suplente), cheguei a ir a umas meia finais da UEFA

    espanha, com o rela e o barça ( e a conseguir levar o real a falência em 2 anos visto as contratações estratosféricas)

    fiz 10 épocas no manchester onde ganhei tudo ( e descubri um tal de djordjic e fiz do Carlos martins titular)

    em italia joguei com roma, inter e milan

    ma so melhor que fiz foram 5 épocas da holanda com o psv em que cheguei a ir a uma meia final da champions, na 2º época aparece o robben, com o meu 442 modificado cheguei a ser campeão com 21 pontos de avanço, mais de 100 golos marcados, com 3 jogadores no top 10 dos goleadores do campeonato, 1 dos pls, o robben como falso 10 e o ponta de lança suplente)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Riga,

      Eu era um queiroziano do FM (não confundir com queirosiano), gostava mais de projetos a longo prazo. Daí que não achasse piada a jogar com os clubes que mencionas. E no Rangers só pegaria se me apontassem uma arma à cabeça!

      Daí que destaque o Derby County porque "consegui" (isto do FM tem muito que se lhe diga... consegui que o computador conseguisse!) logo na primeira época subir em 1º no Championship e ganhar a Taça de Inglaterra, eliminado o Arsenal e batendo o Chelsea na final.

      Perdia horas com aquilo... E a verdade é que só comecei a perceber alguma coisa de bola quando deixei de jogar. Mas é seguramente coincidência :)

      Um abraço

      Eliminar
    2. as minhas inovações tacticas começaram no rangers( o meu 442 conseguia ser ainda mais suicida do que aquele que o Jesus utiliza)

      mas por acaso fiquei a conhecer jogadores e sim já nessa altura eu ia buscar jogadores norte americanos e em especial bielorrusos e suecos

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Consola nunca tive. Tive 48k, Timex 2048 (igual ao 48k) e PC.

    No 48k, gostava muito do Multi Player Soccer Manager (fazia muita batota), do Striker e do Emily Hughes.

    PC
    BMP - não estou a ver o qual é.
    Manager (92 e 93 inglês) - Liverpool (para mim, não há outro em Inglaterra)
    Manager (93 e 94 italiano) - Juventus (Moller, Viali, Baggio(s), Ravaneli, Peruzzi e ainda contratava o Cantona e o Parma deixava-me, na 2ª época, contratar o Zola); jogar a Champions era tramado, principalmente porque as equipas portuguesas jogavam muito;
    CM 2001/2002 - Sporting (não podia ser outro)

    Mas o que eu jogava mesmo era Sensible Soccer. Joguei todos (quando eram estrelas nos melhores jogadores, quando se começou a comprar jogadores, tudo!). Corri as Ligas quase todas. Só precisava de GK a valer acima de 1M (Shaka Hislop do Newcastle era perfeito porque custava 1,1M) e de um avançado rápido, com controlo de bola e remate (Tulio e Herzog eram perfeitos porque eram baratos: 2 e 1,7M)

    ResponderEliminar