25/09/2014

Soltas

1. Fernando Santos é o novo selecionador nacional. Sou só eu a achar estranho contratar um treinador que não pode ir para o banco, numa altura em que a seleção precisa, nem mais, de um treinador (também de um selecionador, mas o treinador é fundamental nesta fase em que a equipa não joga absolutamente nada)? Bem sei que 90% do trabalho de um treinador é no treino propriamente dito, mas o seu papel no jogo pode ser essencial.  Isto sem prejuízo de considerar Fernando Santos uma escolha relativamente natural. E vá lá que há alguém que é contratado para selecionador nacional e se mostra genuinamente contente por estar ali (isto para além da conferência de imprensa, que foi ótima, com uma linguagem desempoeirada, descontraída e evitando as balelas do costume - espero que assim continue).

2. Eu ainda entendo que se noticie o facto de o Franco Jara ter destruído um Mustang; agora, ser notícia que o Nani e um desconhecido cidadão assinaram uma declaração amigável após um toque no trânsito, francamente escapa ao meu entendimento...

3. O FCP não quer que os seus jogadores entrem em campo de mãos dadas com crianças vestidas à Sporting. Estamos a levar as rivalidades para níveis absurdos. Qualquer dia, o FCP vai impedir o seu capitão de cumprimentar o Patrício no início dos clássicos...

4. Chico Bala não quer voltar para o Sporting. Eu, sinceramente, desconhecia o historial disciplinar do jogador quando ele foi contratado. Pelos vistos era relativamente conhecido, mesmo por quem não anda pelo "mundo do futebol"(tinha que usar esta expressão um dia). Até agora, o balanço desta contratação é francamente negativo. "Mas ah e tal, foi barato" - se já se sabia que o jogador era problemático, para quê contratá-lo (eu, por exemplo, não quereria o Cassano no Sporting nem oferecido).

6 comentários:

  1. 1 - Apesar de preferir o Jesualdo, não acho estranha a contratação. Até porque será o Ilídio Vale no banco.

    2 - De acordo

    3 - Acho que uma boa resposta, seria o SCP entrar em campo com 2 crianças (uma em cada mão) por jogador

    4 - Processo disciplinar em cima

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Ilídio Vale chegou a uma final com uma equipa muito fraca, é verdade, e isso tem o seu mérito.

      Mas convenhamos que aquilo não era futebol...

      Espero que o Eng.º não lhe dê grande margem de manobra :)

      Eliminar
  2. 1. Encaro com expectativa positiva o trabalho de Fernando Santos na selecção nacional. É um homem de carácter e com currículo, íntegro e com autoridade. Não gostei de uma zona cinzenta criada por Fernando Gomes a propósito das funções de Ilídio Vale. Mas, penso que nem este nem F. Santos permitirão qq dúvida relativamente às responsabilidades de cada um.
    2. Um fait-divers conveniente e avidamente aproveitado.
    3. Concordo com o Koba. Pinto da Costa precisa de criar cortinas de fumo…
    4. O caso Shikabala é deprimente. Creio que muito em breve BdC dará explicações detalhadas aos sócios.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Zargo, ontem comentavam comigo que alguém tinha lido das declarações do Fernando Gomes que o selecionador seria o Fernando Santos e o treinador de campo o Ilídio Vale. Creio que não será assim, mas essa confusão, como diz e bem, resulta da infeliz escolha de palavras do presidente da federação.

      Note-se que nada tenho a opor ao perfil ou ao CV de Fernando Santos, basta lembrar que o Aragones pouco ou nada tinha ganho quando foi campeão europeu com a Espanha (claro que aproveitou o trabalho do Guardiola, mas isso é outra conversa - até porque quem aproveita e não estraga também tem mérito). Só acho esquisito contratar um treinador que não se vai sentar no banco um único jogo da fase de qualificação.

      Sabe a que é que isto me soa? Ovo no dito cujo da galinha. Houve aliás quem anunciasse que Fernando Santos "só estaria presente no segundo jogo do Euro", como se o apuramento fosse um passeio... Está muito longe de ser um passeio - a Sérvia tem uma equipa do nível da nossa, a Dinamarca é inferior mas tem-se dado bem connosco, a Arménia está longe de ser o que era das vezes em que nos defrontámos (e se bem me lembro nunca ganhámos na Arménia - empatámos lá no apuramento para o França 98 e para o Euro 2008) e tem um jogador de classe mundial que na nossa seleção só é suplantado pelo CR e quanto à Albânia, enfim, nem preciso de dizer nada.

      Comparado com este grupo, o do apuramento para o Mundial do Brasil, esse sim, era um passeio (só um adversário direto, dois outsiders e duas equipas verdadeiramente fracas, que desde logo garantem 12 pontos). Ainda assim, acabámos a penar no play-off...

      Há algo nisto tudo que soa (novamente) a desleixo

      Eliminar
  3. Caro Koba,

    1. A escolha do "consenso". Todos ficaram satisfeitos e pelo menos, para esta decisão, não há críticas. A FPF procura sempre isso. A escolha de Bento também foi por aí. Sinceramente, é-me igual. Gostei da sua passagem pelo Sporting, com uma equipa muito fraca, foi o único a ombrear com o Porto de Mourinho e das escutas (que afinal foram todos absolvidos). Havia outros: Jesualdo, Peseiro e Vítor Pereira; destes 3, concordava com qualquer um.
    Também me faz confusão o castigo. Não querendo ser parvo na comparação (por favor, algum desconto), é como ser acompanhado por um médico-especialista durante várias consultas e pré-operatório e, depois, ser operado por outro. Mas, atenção, o meu médico vai assistir à operação à distância, sem ter permissão de intervir. Se isto me deixaria seguro e confiante? Acho que não.
    Veremos a 1ª convocatória.

    2. Foi mais violento o "choque" entre o Enzo e o jogador do Moreirense no passado domingo. Não vi, aí, tanto alarido. Houve declaração amigável neste caso? Só a partir dos últimos 15 minutos.

    3. Só lá vai de forma natural. Não conheço nenhum Papa imortal. A solução do Mike parece-me boa. No entanto, o resultado do jogo é que será o tema a discutir no fim deste, infelizmente.

    4. Haverá, algum dia, uma palavra sobre este caso? Será que será feita um mea-culpa por esta contratação totalmente descabida? Por mim, pode lá ficar. Rescisão com direito a indeminização parece-me bastante possível, face ao que se verifica. O que é que se está à espera? Ah.. o Shika ainda vai explodir e dar muitas alegrias. Cada vez se percebe mais a fuga de Jardim.

    abraço!

    (não estive cá no fim de semana. só ontem vi o resumo com o Gil. Mais uma farpa: com Montero, teríamos muito mais oportunidades!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, o maravilhoso nisto tudo é que os únicos que tiveram resultados acima da média, goste-se ou não deles, foram o Humberto e o Scolari, que não reuniam consenso, e curiosamente tinham por "objetor" o mesmo clube (escuso de dizer qual). Esta história de agradar a gregos e troianos é muito bonita mas que eu veja não tem produzido grandes resultados.

      Como disse ao Zargo, cheira-me a ovo no dito cujo da galinha. Eles não estão a ver quantos jogos o Fernando Santos fica de fora na qualificação, têm esperança, isso sim, que o castigo seja reduzido em 1 jogo ou 2 para que o selecionador possa estar no banco durante o Euro. Como se lá chegar fosse um facto garantido. Remeto para o que acima disse ao Zargo - não é!

      Quanto ao Chico Bala, creio que toda a gente já percebeu que correu tudo mal. Mas nesta fase entendo que poderia ser contra-producente o mea culpa. Se o jogador sair OK ou no final da época.

      Abraço

      PS: para quem ainda não viu ou ouviu, recomendo a música do Vasco Palmeirim e do Markl dedicada ao Fernando Santos. É um fartote...

      Eliminar