05/08/2014

Obrigado Emirates!

Não pelo patrocínio às camadas jovens mas tão simplesmente por ter organizado o torneio em que o Benfica foi humilhado. Pois, já estávamos muito bem habituados com um Benfica forte na Europa (ok, na Liga Europa) e jogos destes fizeram-nos recordar um Benfica europeu vergonhoso e não muito longínquo. Mas obrigado porquê? Porque foi o melhor que nos podia ter acontecido nesta fase da época. Fizeram soar bem alto os sinais de alarme que só alguns estavam a ouvir! Parece que agora já todos perceberam que os reforços que têm que responder pela maior parte do trabalho (meio campo) e pela defesa estão muito longe do que se exige e que o guarda-redes não dá mesmo. Se na defesa as ausências temporárias de Luisão e Jardel (e até de Lisandro?) não me deixavam preocupado, para as restantes posições já tinha escrito que nenhum convencia para arrancar o campeonato. Uma coisa é ganharem rodagem e ir entrando aos poucos, outra é assumirem a titularidade e jogarem na Champions.

Quem também já percebeu que afinal não tem o toque de Midas que muitos e ele próprio acreditava que tinha, é Jesus! Jogar o Manel é muito bonito mas apenas quando tem à volta 10 excelentes jogadores. Assim realmente fica fácil entrar na equipa. Até eu, quando não coloco restrições ao meu ego, imagino que era capaz de fazer qualquer coisa de jeito no meio campo contra equipas pequenas se jogasse ao lado do Matic e Enzo. E aqui aplaudo de pé! A conferência de Jesus em Londres foi a melhor que já fez desde que entrou no Benfica. "Se sair Enzo, também saio" a rir mas a mostrar que não podem exigir mais dele se simplesmente lhe tiram o tapete debaixo dos pés e encomendam um novo da segunda divisão brasileira. Um treinador não o deve fazer? Jesus nunca se queixou da saída de jogadores mas se a Direcção não é capaz de estancar a debandada, é a Direcção que tem que receber as críticas e não ele. Os jogadores querem, as cláusulas, etc, mas quem define as cláusulas é o Benfica e sempre me lembro do Porto ter jogadores contrariados e não era por isso que deixava de ganhar. Deco também não saiu depois de ganhar a Liga Europa, nem Fernando ou Hulk quando se ouviu falar dos primeiros rumores de transferência.

Quem também já deve ter percebido que o filme ia correr mal, acaba por ser a Direcção. Não me parece que consiga travar nesta fase as vendas, mas pelo menos ainda pode tentar acertar o passo com as compras. Vai ser uma tarefa difícil mas parece ser a única solução que resta.

- a venda de Cardozo deverão ser mais alguns milhões a entrar e que já não acredito que fossem rentabilizados. Para mim, é um alívio a sua saída mas não deixo de agradecer o grande avançado que foi no Benfica e as inúmeras alegrias que me deu. Inclusivamente nesta época em que marcou os golos que a equipa precisava no momento em que a equipa mais se sentiu perdida;
- a saída de Artur. Acho que agora já ninguém duvida que é inevitável;
- parece que já temos novo guarda-redes. Uma promessa como faz sentido. Vamos ver;
- o defesa direito ex-Palmeiras demora muito a ser emprestado?
- ainda gostava de perceber o que ganhámos com o negócio Djavan;
- falta muito para o trinco e para o 8? (sim, continuo a achar que Enzo não fica)
- abdico alegremente do avançado se passarmos a jogar só com um na frente, ok?
- Luisão, Jardel e Enzo já treinam. Na supertaça têm que jogar, nem que seja de muletas e mesmo que não façam um único treino com bola.

3 comentários:

  1. Quanto ao Artur, devo dizer que não me lembro de um jogo correr tão mal a um GR (aquilo com o Valencia foi um descalabro). Andava a dizer aos meus amigos benfiquistas que o Artur, em boa verdade, "só" tinha comprometido na final da Taça 12/13, no resto foi cumprindo, é um bom GR e só o facto de o Oblak ser (surpreendentemente) melhor estava a criar a sensação de que o Artur não servia. Mas o jogo com o Valencia foi mau demais e dou o braço a torcer: não dá mesmo.

    No resto, acho que tens razão em (quase) tudo. Mesmo no tema do 1PL vs 2PL. Porque o argumento de que a equipa estaria rotinada para 2PL não existe, considerando que... não há equipa. Também acho que o Enzo acabará por sair e mesmo o Gaitan depende da cláusula (quanto é?). Se o Monaco se fartar, às tantas paga a cláusula e acabou a conversa.

    O "quase" tem a ver com o seguinte: se defendes 1 PL com o Gaitán nas costas, não achas que o Cardozo seria a melhor opção para o lugar? Tem a mesma idade do Lima (isto para os que entendem que o Cardozo está "acabado"), é mais eficaz, tem a vantagem das bolas paradas e um histórico de golos acima de qualquer suspeita.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Sei que sempre gostaste do Cardozo e sabes que nunca fui fã. Mesmo com um só avançado prefiro claramente o Lima e que os milhões do Cardozo sirvam para o reforço da equipa. Em primeiro lugar não gosto do estilo de jogo do Cardozo, pois acabam as possibilidades de marcar golos com o avançado isolado na cara do guarda-redes e as jogadas que acaba por estragar são mais do que muitas. Por outro lado, mesmo não considerando a época passada em que Lima tem mais golos, na época anterior Lima não marcou tantos como Cardozo nem tem um rácio de golos por jogo tão elevado mas se descontarmos os penaltys tudo se inverte (para além que confio bem mais nos penaltys do Lima) e também marca de bola parada.

    ResponderEliminar
  3. Se vires o meu post anterior percebes que havia um responsável do Benfica na altura do Makukula que era ainda menos fã do que tu :) E o Quique também não era fã, preferia o Suazo. JJ mal tinha o bicho à disposição, mesmo depois de o ter desrespeitado em público, mandava-o lá para dentro.

    E o histórico é este: 22 golos na tal época em que o Makukula vinha substituir o Cardozo; 17 na época em que era segunda opção, depois do Suazo (que marcou 5...).

    Nos penalties o Lima marca melhor, é verdade. Quanto aos livres, eh pá... o Lima marcou 2 ou 3 vezes na vida, o Cardozo era "o" marcador de livres do Benfica. O que não quer dizer que o Lima não venha a marcar muitos este ano, claro que pode. Mas pelo histórico...

    Não concordo que o Cardozo estragasse jogadas, pelo contrário. Acho é que efetivamente no sistema JJ do ano passado não funcionava, isso concordo. Mas naquela época com Saviola e Aimar, por exemplo, o Cardozo só estragou mesmo os meus sábados e os meus domingos!

    ResponderEliminar