19/06/2014

Era preciso bater assim tanto?

Sim, ninguém percebe o tour nos EUA e chegada tardia ao Brasil;
Sim, a entrada da selecção no Mundial foi vergonhosa;
Sim, a selecção cometeu erros atrás de erros;
Sim, foi penalty;
Sim, a expulsão não me choca;
Sim, houve jogadores que estiveram bem abaixo de zero;
Sim, houve jogadores que quase nenhum português queria ver fora do onze;
Mas era preciso tanto histerismo?!

Comparando com a geração de ouro, falta bastante talento e classe a esta equipa. Culpa também da fraca aposta nos jogadores portugueses nos principais clubes. É claro que temos o melhor do mundo mas nunca o desequilíbrio de valores foi tão elevado. E mesmo assim acho que os desempenhos não têm envergonhado ninguém nas últimas competições. Porra, basta ver que as opções para avançado são o Postiga e o Hugo Almeida. O Pauleta nunca foi de classe mundial mas pelo menos era um verdadeiro ponta de lança e deixou a sua marca bem vincada em França.

O que eu vi? Uma equipa que nem entrou mal, que assumiu a bola, que nem evitou alguns toques de artista, que criou duas ocasiões e que... perdeu o norte a partir do penalty. Duvidoso o suficiente para poder passar em claro. Mas não passou. Assim como a expulsão em que Pepe estupidamente se pôs a jeito mas que também poderia ter ficado por um amarelo. Já o penalty do Eder não teve dificuldade em deixar passar sendo claramente mais penalty do que o do João Pereira mas também era chato ter que expulsar o central alemão. A partir da expulsão, com 10 jogadores, com um calor e humidade incríveis, contra a Alemanha, com um Ronaldo limitado, estavam à espera de quê? Milagres? Foi pior do que podia ter sido mas também foi daqueles dias em que o que podia correr mal, correu mesmo.

Apesar de tudo, acredito nesta selecção! Mesmo com mais o golpe do Coentrão, acredito que poderemos chegar aos oitavos, basta que Paulo Bento aceite mudar o suficiente:
- a lesão de Patrício facilitou o que já queria: a entrada de Beto (acho que nem é preciso explicar porquê);
- Amorim na direita e André Almeida na esquerda. Porque João Pereira me pareceu com pouco gás e Veloso é demasiado lento para a esquerda. André Almeida, o mal amado por quase todos, já fez grandes jogos e tem poder físico e velocidade, algo que faz bastante falta contra os EUA e Gana, mesmo que seja à custa de talento;
- Alves e Costa no meio já que este tem mais garra do que Neto e este Mundial não está para quem não deixa tudo em campo;
- William porque é demasiado evidente para todos;
- Meireles e Moutinho porque acredito na garra de um e talento de outro;
- Varela e Nani porque Varela tem qualidade e capacidade física e Nani fez um bom jogo e pode ser que consiga colocar o enorme talento que tem no relvado;
- Ronaldo porque se a lesão não o deixa explorar a sua velocidade é preferível tê-lo junto à baliza para resolver.


5 comentários:

  1. Gorbyn,
    Sim, era.
    Basta ver a dignidade de seleções como a Croácia, a Inglaterra, mesmo a Austrália. Todas perderam o primeiro jogo mas causaram boa impressão e deram o que tinham. Deixaram esperança, e não depressão, para o segundo jogo (a Austrália entretanto está fora - mas duvido que muitas seleções deste mundial fizessem o jogo que a Austrália fez hoje).
    A exibição de Portugal foi desastrosa.
    A maior derrota desde 1983.
    A maior derrota de sempre em fases finais.
    Uma vergonha à escala mundial.
    E nem falo de temas de organização, convocatória, etc: os que lá estão tinham a obrigação de fazer muito mais, mesmo naquelas condições. Que diabo, até a grupeta dos sindicalistas de Saltillo ganhou o primeiro jogo à Inglaterra...
    Quanto ao 11, cada um tem o seu. Percebo o teu, prefiro o meu (como é normal).
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Faltou dizer que, ao contrário de Saltillo, em que às tantas se pensou que mesmo a brincar ia dar para passar, espero que esta rapaziada perceba que é preciso fencarar isto com seriedade, fazer muito mais e ganhar, sem desculpas nem conversas, os próximos 2 jogos

    PS: ainda agora estive a ouvir o Beto a queixar-se da arbitragem. Com razão:
    - foi o árbitro que criou o buraco por onde entrou o Gotze;
    - foi o árbitro que foi comido no golo do Hummels;
    - foi o árbitro que impediu o Paulo Bento de fazer entrar outro central logo após a expulsão do Pepe;
    - foi o árbitro que pediu ao Paulo Bento para jogar o Veloso em vez do William;
    - e foi o árbitro a fazer a sucessão de disparates que deram causa ao 4º golo...

    E convenhamos que se o árbitro marcasse aquele penalty do Eder, ficaria 1-3 a 20 minutos do fim. A probabilidade de os alemães, contra 10, forçarem um bocadinho e marcarem mais 1 ou 2, seria bastante elevada.

    ResponderEliminar
  3. Os factos são esses, não há dúvidas. Os erros foram muitos e isso também referi. Mas continuo a achar que foi um exagero. O fraco controlo emocional é que é impressionante mas também é algo que já é intrínseco à nossa selecção há muito tempo. O penalty do Eder não resolvia nada e concordo que até podia espicaçar a Alemanha mas como é que se consegue não marcar aquilo quando essa equipa até está a perder por três e com menos um jogador e até já sofreu um penalty. Porra, até a Alemanha já levou 3 de uma equipa de reservas de Portugal! Para mim foi mais humilhante estar a levar 3 dos EUA na Coreia. Vamos ver como reagem neste jogo para perceber se está mesmo tudo mal ou se ainda dá para aproveitar alguma coisa.

    ResponderEliminar
  4. Gorbyn, como sabes já disse aqui no blog várias vezes (ironia do "eu bem dizia" à parte) que prefiro arriscar um prognóstico arrojado e vir depois dizer que me enganei do que ser o profeta da desgraça. No entanto, começa a cheirar a 2002. Mesmo. Temos a equipa toda esfrangalhada e não estou com confiança nenhuma para Domingo. Tenho dúvidas, sérias, que a nossa equipa, mal organizada, mal preparada, mal escolhida e com Ronaldo a 50% (se tanto) consiga bater os USA ou mesmo o Gana. Se a equipa tivesse demonstrado organização e preparação, se tivessem jogado os melhores e/ou se Ronaldo estivesse próximo de estar bem, estaria confiante. Não estou. Espero estar enganado, espero mesmo...

    ResponderEliminar
  5. eu cá estou contente com o efeito Campinas- Saltillo

    Só por isso já vale a pena este mundial. Teremos muita miscenização garantida, o que honra os nossos pergaminhos históricos.

    ResponderEliminar