20/06/2014

A importância da herança

Normalmente, gosto de deixar os posts "respirar" algum tempo.

Mas a Costa Rica merece vir já para aqui, sem hesitações.

Porque estes,





afinal, são legítimos herdeiros destes





Os tais que partilhavam fotos da Panini e arrumaram com suecos e escoceses. Pedrada no charco no Itália 90, juntamente com os Camarões de N'Kono, Tataw, Makanaky, Oman-Biyick e Roger Milla.

Já são heróis nacionais e já entraram para a história.

4 comentários:

  1. Grande feito da Costa Rica num grupo de tubarões. Uma espécie de Portugal versão Euro 2000, com as devidas adaptações.

    Podem ir longe (quartos-de-final) nesta competição, principalmente se acabarem em 1.º lugar do grupo, já que cruzam com o grupo C onde a Colômbia passeia e Grécia, Japão e Costa do Marfim lutam pelo segundo lugar de acesso à fase seguinte.

    Gostaria de vos dar a conhecer o meu blogue direcionado para o Mundial:

    rumoaomaracana.blogspot.pt

    Visitem!

    A página do facebook:

    https://www.facebook.com/pages/Rumo-ao-Maracan%C3%A3/1428763837389819?fref=ts

    Saudações

    ResponderEliminar
  2. Hagi, sei que não será um provável campeão do mundo, mas depois do que aconteceu ontem (mais do que provável eliminação), sou meio-Tico, meio argelino. São organizados e sabem o que estão a fazer, nada lhes cai do céu. Gostava muito que fossem pelo menos às 1/2 finais, mas sei que é difícil. Até porque as grandes seleções estão a ser sistematicamente protegidas. Mas lá que seria bonito, isso seria...

    ResponderEliminar
  3. "não serão prováveis campeões do mundo", assim é que é

    ResponderEliminar
  4. Koba,

    Lá está...a Grécia, não jogando nada de especial nos primeiros dois jogos (não vi este terceiro) consegue chegar aos oitavos e joga com a Costa Rica. Vamos lá ver se os costa-riquenhos chegam aos quartos-de-final!

    Saudações

    ResponderEliminar