27/01/2014

Quantas vezes teriam mesmo que nascer?

Para um jogo que nada contava, acabou por se revelar bem agradável de seguir! Sabe bem ver os miúdos com vontade de mostrar serviço, a disputar os lances com a garra que muitas vezes falta e a dar a devida importância à camisola que vestem (basta ver os comentários de Cancelo no pós jogo). A partida não teve história já que o domínio do Benfica foi claro do primeiro ao último minuto, sendo apenas de estranhar a escassez de golos. Um misto de jogadores da segunda linha com jogadores da formação resultou bastante bem contra um Gil que apresentou a maior parte dos seus titulares apenas rodando três ou quatro jogadores (e mesmo assim suplentes utilizados no último jogo para o campeonato).

Destaques:

- a lentidão que Maxi vem apresentando torna incompreensível a ausência constante de André Almeida e o seu regresso apenas neste jogo da Taça da Liga. Ainda por cima retira várias oportunidades a Cancelo que apenas jogou os últimos dez minutos. Apesar de achar que André Almeida está melhor que Maxi, nunca será o defesa direito que precisamos pelo que interessa avaliar e potenciar as capacidades que Cancelo vem apresentando;

- Jardel é efetivamente um bom central para fazer face aos impedimentos dos habituais titulares;


- André Gomes (e sei que vou contra o que a grande maioria pensa) deixa-me sempre com a sensação que lhe falta qualquer coisa. A técnica é excelente, o posicionamento também e fisicamente é bastante forte. No entanto, alterna bons passes e leitura de jogo com más decisões. Chegou a mostrar rapidez no lance em que falha isolado (quando pensava que apenas sabia jogar a passo) mas denoto por vezes alguma displicência e desconcentração que leva a passes errados, perdas de bola e pouca pressão. A verdade é que precisa de minutos para evoluir e isso é algo que Jesus teima em dar;

- Cavaleiro jogou com toda a garra, velocidade e sobretudo uma confiança que ainda não tinha visto na equipa principal. Esteve realmente muito bem e é mais um que precisa de ser uma aposta mais consistente. Diria que é o terceiro ala da equipa (depois de Gaitán e Markovic) e bem à frente de Sulejmani;

- Grande Ruben Amorim! Como gostava de o ver a entrar no 11, deixando Lima de fora;

- Djuricic começou finalmente a mostrar sinais de que ainda pode ser útil. Vamos esperar termine rapidamente o processo de adaptação;

- Bernardo Silva é daqueles que não engana. Basta ver uma recepção e um arranque com a bola nos pés. Será que é cedo e que precisa de mais tempo na B ou o que precisa é de testes cada vez mais difíceis? Afinal, mal acabou de chegar aos seniores e já foi considerado o melhor jogador na segunda liga;

Quanto à possível venda de André Gomes por 15 milhões, só percebo se for o tal segundo negócio que complete a venda de Matic. Continuo a não acreditar que tenha sido vendido por apenas 25 milhões pelo tem que surgir algum segundo negócio com valores desajustados da realidade. Este seria um deles uma vez que o potencial do jogador não justifica tantos milhões. Até ao final de Janeiro logo se vê como ficam os planteis. Quem esperaria a saída de Lucho?

Sem comentários:

Enviar um comentário