20/01/2014

Primeira parte "à antiga"

Tivemos o bom Benfica finalmente. Foram, para mim, os melhores 45 minutos que vi na Luz esta temporada. Pressão logo no meio-campo do Marítimo, boa circulação de bola, muitas combinações, vários jogadores a aparecer no espaço vazio, enfim, uma primeira parte que deu prazer ver no estádio ao contrário de várias anteriores. A segunda parte já foi completamente diferente, muito mais dada ao bocejo e apenas intercalada com duas ou três oportunidades de golo.

Notas de destaque:

- a subida de forma de alguns jogadores (especialmente Gaitán) está a transportar o Benfica para o nível exibicional da época passada. Tarde é certo, mas ainda bem a tempo. Os cruzamentos/passes a desmarcar de Gaitán são do outro mundo;


- a saída de Matic não se fez notar e também acredito que não se notará na maior parte dos jogos se o Benfica continuar assim. Com o Porto, Sporting, Braga e jogos mais a doer da Liga Europa, já será outra conversa. Afinal, estamos apenas a falar do melhor jogador do campeonato passado;

- Rodrigo está de pé quente e vamos esperar que não tenha mais um episódio tipo Bruno Alves que o adormeça por mais duas épocas;

- Este 4-4-2 sem Cardozo dá uma mobilidade sem precedentes. Gaitán, Markovic, Rodrigo e Lima estão em constante movimentação, estando os extremos muitas vezes no meio, com os laterais a ocupar as suas posições. Continuo a preferir o meio-campo com Ruben Amorim mas esta táctica, tenho que reconhecer, parece estar a funcionar. Mesmo assim, não a repetia para o jogo com o Sporting;

- Lima continua completamente fora dela e Maxi está com a raça incólume mas mete dó sempre que tem que fazer um sprint com um adversário. Já é claramente um jogador abaixo da média para este Benfica;

- Oblak está simplesmente enorme! Incluindo a defender até quando o adversário está em fora de jogo. Os lançamentos com a mão são de uma precisão assinalável;

- É possível Enzo estar a jogar bem praticamente em todos os jogos desde o início da temporada e decidir bem em 99% dos lances de jogo?! De longe o meu jogador preferido e não vejo a hora de o ver com a braçadeira no braço;

- Para contrapor o lance do segundo golo, mais um penalty que ficou por marcar a favor do Benfica;

Agora é continuar a manter o nível da primeira parte e concentração no máximo!



  

2 comentários:

  1. Gorbyn,

    Já concordas que, mesmo sem Matic, o Benfica é o principal candidato ao título?

    Mesmo quando jogava mal, foi ganhando. Começa a jogar melhor e continua a ganhar. Perde Cardozo e Rodrigo desata a faturar (mesmo contra o FCP). Em breve terá Salvio de volta ao ativo. Honestamente, há algum outro plantel com estas soluções?

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Relativamente às soluções, impossível não concordar. No que diz respeito ao onze inicial, já levanta muitas dúvidas. É claro que o campeonato é longo, com várias competições, com lesões e castigos, mas na época passada já assim era e não foi problema para o Porto.

    ResponderEliminar