08/10/2013

Ainda o jogo de Sábado...


... mas só mesmo para bitaitar algumas ideias:

1. A primeira parte parecia indiciar um jogo difícil, como eu esperava. O Vitória de Setúbal deste ano tem uma boa equipa do MC para a frente. Estando certinho defensivamente, o jogo seria complicado. Mas aquele erro que o Montero aproveitou com muita categoria desbloqueou o jogo. E o Sporting aprendeu com o erro cometido contra o Rio Ave e entrou na 2ª parte à procura do 2º golo e não na expetativa de o conseguir. Pode parecer igual, mas é completamente diferente.

2. Essa, aliás, a maior virtude de Jardim: a capacidade de corrigir rapidamente com os erros e fazer a equipa evoluir. O futebol da equipa do Sporting pode não ser fantástico, mas a meu ver vai evoluindo positivamente. Atenção, de qualquer forma, à capacidade que as equipas estão a ter para nos bloquear em Alvalade. Nos dois últimos jogos em casa, marcámos primeiro mas com erros individuais gritantes que não vão acontecer em todos os jogos.

3. Gostei de ver quase todos na nossa equipa, embora me pareça que vou acabar por perder a tal aposta relativa ao Wilson Eduardo (7 golos no campeonato ou 10 em toda a temporada), porque efetivamente o Wilson está a apagar-se aos poucos. Como ontem ouvi alguém dizer na TV (não me lembro quem nem onde), o Wilson parece um jogador "tímido". Tem que assumir mais o jogo e assumir os lances com mais confiança. Destaques, de qualquer forma, para o inevitável Montero, para o William Carvalho (bom jogo), para o Adrien da 2ª parte e para o Carrillo que, como disse na semana passada, pode não fazer tudo bem, mas tem tomado sempre ou quase sempre as decisões mais corretas. Desta vez, começou e acabou a grande jogada do 2º golo e partiu toda a defesa do Vitória na jogada do 3º.

4. A contratação do Piris parece agora fazer mais sentido, na medida em que o jogador, ao contrário do que eu pensava, tanto joga à direita como à esquerda (algumas dificuldades defensivas na primeira parte, ainda assim). Bem sei que isso me foi dito nalguns comentários feitos aqui na altura da contratação mas do que li, também nessa altura, nos OCS, ninguém referia esta polivalência. Conclusão: tenho que começar a confiar mais nos meus comentadores do que nos OCS!

5. Um penalty duvidoso (porque me parece claro que o Maurício está a puxar o Cohene) quando já vamos em 3-0 e antes de visitar o Dragão é sempre de desconfiar...

6. Percebo o despedimento do José Mota, não pela derrota em Alvalade mas pelo facto de o Vitória ter uma equipa acima da média (se considerarmos os adversários do "seu" campeonato e as equipas do Vitória de épocas anteriores) que está em antepenúltimo. Sucede que a equipa não tem solidez defensiva, o que é essencial para quem está na luta da manutenção. O José Mota pôs a equipa a jogar um futebol agradável, de que são exemplos o jogo com o FCP (que perdeu com manifesto azar) e o jogo de Guimarães (ninguém ganha 4-1 em Guimarães sem jogar futebol), mas de facto a defesa é frágil. Fala-se de Sá Pinto como sucessor, mas acredito mais noutro ex-treinador do Sporting, Paulo Sérgio. Espero que corra bem porque o Vitória, este ano, depois do que vi a equipa fazer com o FCP (depois de uns bons 20 anos a incomodar o Benfica e o Sporting e a ser sucessivamente goleado em casa pelo FCP), tem a minha simpatia.

7. O Braga continua a dar tiros nos próprios pés, os rivais históricos prosseguem na tentativa de se encontrarem. Mais próximo o FCP agora que enquadrou o Herrera (às vezes também acerto uma ou outra!) do que o Benfica onde os problemas são de facto mais profundos.

8. Vamos ao Dragão daqui a 3 semanas mas há muito tempo para falar disso. Antes temos os jogos decisivos da seleção e um jogo para a Taça contra o modesto Alba, onde espero que se faça alguma rotação e sejam dados minutos a Marcelo, Dier, Rinaudo, Vítor e Slimani, assim como oportunidades a alguns jogadores da equipa B. Na seleção destaque para a presença de Cedric, ainda que motivada por uma série de infortúnios (João Pereira, Miguel Lopes, Sílvio). Espero que agarre o lugar e mostre que lá merecia estar independentemente dos azares de outros.

ADITAMENTO - Desta não estava minimamente à espera: Couceiro é o novo treinador do Vitória.

4 comentários:

  1. Esperemos que o apagão do Wilson seja apenas tão temporário como foi o do Adrien.
    Quanto à seleção, espero que o PB não se arme em idiota e meta o André Almeida a titular. Se isso acontecer deixo de ver jogos da seleção.

    ResponderEliminar
  2. Bom exemplo esse do Adrien, Mike, esperemos efetivamente que seja igual...

    Sinceramente, nem admito a possibilidade de o Cedric não ser titular

    ResponderEliminar
  3. Ricardo Costa... estava capaz de apostar....

    ResponderEliminar
  4. FCS,

    Compreendia melhor o Ricardo Costa do que o André Almeida.

    ResponderEliminar