22/09/2013

A quente

Por enquanto, só isto:
- jogámos pouco e não merecíamos ganhar;
- o Rio Ave tem de facto uma boa equipa;
- desinspiração coletiva, a começar no treinador que voltou a fazer uma substituição que passou uma mensagem negativa à equipa (mas gostei muito de o ouvir no fim do jogo, deu a cara sem subterfúgios);
- Adrien com um aproveitamento muito fraco nos passes, falhou dezenas deles;
- Martins muito previsível, principalmente na 2ª parte;
- Carrillo, que tão bem começara, a parecer um jogador vulgar;
- penalty inacreditável não assinalado a favor do Sporting (ainda mais considerando o local onde está o árbitro), que ainda assim não serve de desculpa para a perda de pontos e para o pouco que jogámos (e prova provada de que obviamente não estávamos a ser "levados ao colo").

No demais: há que ter paciência, estes resultados vão acontecer mais vezes do que queremos. Nós somos Sporting, queremos sempre ganhar. Mas este ano ainda não dá para ganhar a esmagadora maioria dos jogos. Todos o sabemos.

PS: Concordo plenamente com o Leonardo. Espero que a postura seja para manter. E se a coisa começar a inclinar, que fale o presidente.

3 comentários:

  1. Koba,

    o teu post podia ficar pelo 1º tópico. Não é que os outros estejam mal (estão correctos), mas a leitura só pode ser essa: "jogámos pouco e não merecíamos ganhar"

    É a verdade. Pouco mais há a dizer.

    O Carrillo, mesmo vulgar, é melhor que Capel (não percebo o mérito deste jogador em ganhar a titularidade; em Olhão percebe-se pelo desgaste do Carrillo, agora...).

    Jardim errou na substituição. Devia fazê-la e naquele momento mas errou no jogador que entrou. Para mim, deveria ter sido Vítor e nunca Rinaudo.

    O penalty, o amarelo ao Jefferson, as 6 faltas do Rio Ave (só? eu vi mais e até para amarelo. a lesão do Capel não nasce do nada) são aquilo que é óbvio. O objectivo é ir a Braga pressionados e ir ao Dragão arredados de qualquer coisa. Mesmo que não sejamos candidatos aquilo que o Porto quer.
    O objectivo é tirar força e crença a um clube e direcção que, cada dia que passa, vai crescendo e aprendendo (novamente) a andar.

    ps: obrigado Manel Fernandes pela entrevista destabilizadora em vésperas de um jogo importante. Gosto tanto de ti, mas não vez que os abutres da comunicação social só se estão a aproveitar do teu coração verde.
    Porquê que no programa onde estás, não perguntam os motivos do despedimento do António Oliveira da FPF em 2002? Ou do Toni, após ter sido campeão em 1994?
    Caíste na armadilha.

    ResponderEliminar
  2. Koba,

    Boa análise a quente!

    Olhando ainda mais a frio. O site da Liga já está a funcionar e as novidades são: Labyad e Jeffrén não estão inscritos. Não podem jogar, nem pela equipa B.
    Desculpem, mas por mais boa vontade que tenha, não consigo perceber esta decisão...

    ResponderEliminar
  3. Cantinho, quanto ao Carrillo, há um tema que me preocupa, nao aguenta a mínima contrariedade seja dentro ou fora do campo. E um jogador que defendo aqui desde o primeiro dia e acho que tem um talento muito acima da media. Mas mesmo no campo, se o primeiro lance lhe sai mal, entra numa espiral preocupante...

    JPDB, fiz essa pergunta aqui há uns tempos precisamente porque temia o pior, nao consigo compreender porque nao se inscrevem dois jogadores que já nao vão sair antes de Janeiro...

    Entretanto ouvi agora o João Rodrigues surpreendido com a postura do Adelino Caldeira. Eu também fiquei, trata-se de um cidadão exemplar cuja estatua estará a ser preparada. Impossível ter agredido ou insultado seja quem for...

    ResponderEliminar