28/08/2013

Casos por resolver (V) e Casos Resolvidos

Turan - integrado na equipa A depois de ter jogado pela B. Ambiente desanuviado ou simplesmente fruto do acaso? Com BC ao leme, confesso que não acredito nesta última. Poderá ter sido para dar alguma montra, mas na equipa B duvido que produza um efeito útil. Não é uma solução que me desagrade, muito embora gostasse de ver melhor o jogador para tirar conclusões mais definitivas.

Evaldo - um caso parado e sem resolução à vista, mantenho o palpite de que provavelmente o contrato vai ser cessado por mútuo acordo.

Boulahrouz - mantêm-se os rumores do interesse de clubes ingleses, esperemos que acabe por ser transferido nos últimos dias do mercado. Entretanto o Record hoje noticia que não se pode apresentar em Alvalade e anda a treinar com Pranjic, Rubio e Stojanovic, com o suposto apoio do ex-team manager Vidigal. Se alguém me conseguir explicar isto, agradeço porque nesta, confesso, fiquei perdido.

Onyewu - aguardamos a conclusão do processo disciplinar, mas o curioso é que este se pode apresentar em Alvalade e a dupla Boulahrouz/Pranjic aparentemente não pode. Tudo muito nebuloso.

André Santos - mantêm-se as dúvidas quanto à integração no plantel principal, mas começo a achar que acabará dispensado.

Salomão - renovou até 2019 e fica, calculo, no plantel principal. Como sabem, não fico particularmente entusiasmado. Mas, enfim, bem ou mal, é um caso que está resolvido.

Pranjic - fala-se novamente do Panathinaikos, desta feita por empréstimo. Espero que seja mais um caso resolvido.

Jeffrén - sem novidades mas se este acabar por ficar, não é propriamente um desastre (mas falo sem saber quanto ganha...).

Bojinov - mais um sob processo disciplinar mas à chegada a Lisboa teve umas palavras simpáticas, eventualmente para tentar amenizar os efeitos do mesmo. Vamos ver se pode frequentar as instalações...

Labyad - obviamente ninguém acredita que está satisfeito por treinar com a equipa B. Está a adotar uma postura que se compreende (quer preservar o contrato que o Sporting livremente assinou com ele) mas que vai prejudicar o seu crescimento enquanto futebolista, porque obviamente precisa de jogar. Não vejo solução para este caso que não seja a renegociação das condições de pagamento do salário (ou seja, tentar - se é que não foi já tentado - que uma parte do salário seja afetada a um prémio por uma futura transferência - de qualquer forma, muito complicado...).

2 comentários:

  1. Não entendo a renovação com Salomão. E a rescisão com A. Santos para ir para Guimaraes é inacreditavel. Pensei que fosse o valor da renovação que estivesse em causa. Era uma alternativa perfeita ao Adrien, a não ser que seja o Rinaudo a fazer de Adrien. Sinceramente nunca pensei escrever isto em relação ao que perspectivava na evoluçao destes 2 jogares...

    ResponderEliminar
  2. Metralha, não podia estar mais de acordo, de bom grado trocaria as situações dos dois...

    ResponderEliminar