17/07/2013

27 de Julho

27 de Julho é a primeira data de balanço para Bruno de Carvalho e Inácio (a segunda data é 31 de Agosto).

A 27 de Julho, data do jogo de apresentação, os adeptos esperam que estejam reunidos os 20 jogadores que formarão o plantel 2013/2014, sujeito apenas a  alguns retoques. Por "retoques" deve entender-se:
(a) propostas (de transferência) irrecusáveis; ou
(b) contratações (i) para suprir essas transferências e/ou (ii) que efetivamente constituam oportunidades para o clube (por exemplo, se o Atletico Madrid acabar por aceitar ceder Pizzi em condições vantajosas, entendo que o Sporting deve aproveitar).

Por ora, o plantel está, em boa verdade, uma grande confusão.

Mas baseando-me em alguns indícios, nomeadamente a convocatória para o Canadá (ainda que excluindo os elementos que, em princípio, farão parte do plantel da B: Ruben Semedo, Seejou King, William Carvalho, Filipe Chaby, Zezinho, Nii Plange e Cristian Ponde), creio que podemos dar como "certos" no plantel principal os seguintes jogadores:

GR - Patrício, Boeck

DD - Cedric

DE - Jefferson

DC - Rojo, Dier, Ilori, Maurício

MD - Rinaudo, André Santos

MC - Adrien

MO - Labyad, André Martins

ED - Carrillo, Wilson Eduardo

EE - Capel, Salomão

PL - Cissé

Destes 18 jogadores, acho bastante provável a transferência ou empréstimo de algum ou alguns dos 5  que estão pintados a bold (os tais "retoques" admissíveis até 31.08 se as propostas forem irrecusáveis). Sendo realista, acho difícil que Patrício e Capel não sejam transferidos e acho pouco provável que o Sporting não encontre uma solução para Labyad que permita passar para terceiros a totalidade ou parte dos 2M€ anuais a que, diz-se por aí, o marroquino terá direito em 2013/2014.

Mas vamos admitir que a base é esta, e que no dia 27 mesmo os jogadores a bold são apresentados.

Se assim for, parece claro que serão contratados apenas + 2 jogadores até essa data: 1 MC e 1 PL. Se quanto ao PL temos insistentemente ouvido falar de Fredy Montero, já quanto ao MC tudo parece mais indefinido. Parece que o Sporting andou a tentar Josué, Rafa e Fariña, o que, pelo que li sobre os jogadores (verdadeiramente só conheço o Josué), de certa forma indicia que estamos à procura de um jogador com características ofensivas. Olhando para o nosso rival de Lisboa, eu insisto que precisávamos mais de um Enzo do que de um Djuricic, mas pelos vistos não será assim. Aguardemos.

Seja como for, a indefinição que hoje me deixa apreensivo no dia 27 tem que estar sanada. No dia 27, tem que ser apresentado um plantel com pés e cabeça e que convença os adeptos minimamente. Minimamente, repito, porque vendo os planteis dos rivais históricos percebemos claramente este ano que não temos qualquer hipótese de disputar o que quer que seja com eles.

E minimamente implica, também, que o MC e o PL não venham da equipa B. Ou seja, se o João Mário nem sequer vai ao Canadá, mesmo depois de renovar até 2018, calculo que não seja "o" elemento do MC com quem estamos a contar. Muito menos o serão o Betinho, o Rubio ou o Owusu.

27 de Julho. Faltam 10 dias.

PS: Obviamente, a 27 de Julho não quero ter a treinar à parte Evaldo, Boulahrouz, Onyewu, Pranjic, Jeffren e Bojinov. E quero que a situação de Viola esteja resolvida. Assumindo que nenhum destes integra o plantel (só a Jeffren ou Viola aceitaria o benefício da dúvida), as respetivas situações contratuais terão que estar devidamente solucionadas (ou em vias de) a 27 de Julho. Fantasmas a pairar e treinos à parte são mesmo do pior que um plantel pode ter para criar instabilidade.

7 comentários:

  1. Acho que a ideia transmitida por esta direcção é que quer o Labyad, quer o Adrien são para se manter no plantel, independentemente dos salários.

    São bons jogadores que podem dar ainda muito à equipa e com margem de progressão suficiente para serem mais-valias transferíveis num futuro próximo.

    De resto acredito que o King vai ser o substituto natural de Jefferson e que possivelmente estará mais na equipa A do que na B. Falta ainda um lateral-direito para competir com o Cédric. A saída do Arias continua a ser muito estranha.

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que o plantel principal será assim:

    GR: Patricio (ou Golas se este sair), Boeck
    DD: Cedric
    DE: Jefferson
    DC: Dier, Ilori, Rojo, Mauricio
    M: Rinaudo, Adrien, Zezinho, A.Martins, Labyad, J.Mário (ou A.Santos)
    Ext: Carrillo, Wilson, Capel, Salomão (ou Cissé)
    Av: Cissé (contratação), Montero

    Temos o King que pode jogar na B, embora esteja a fazer a pre-epoca com a equipa A. O Rojo também pode fazer a lateral esquerda se for preciso. O Dier pode fazer a direita também.

    ResponderEliminar
  3. Adriano, foi dito que seriam 20 na A e 22 na B, pelo que duvido que haja espaço para um DD, a não ser que seja integrado na B. Alinho mais com a lógica do Mike de que as segundas opções serão o Dier e o Rojo adaptados, eventualmente os da B são chamados em casos extremos.

    Mike, não sei bem o que dizer sobre esse MC... Também começo a achar que vai ser algo parecido, mas insisto que falta alguém que dê um pouco mais de consistência. Com Rinaudo e Martins, um Duscher caía aí que nem um luva. Mas custou, já em 98, 3M€...

    Ah, e o que pensa(m) do Salomão?

    ResponderEliminar
  4. O Salomão não me convence completamente. A não ser que tenha evoluído bastante em Espanha.

    ResponderEliminar
  5. Eu coloco aí outra data importante: 20 de Julho.
    Jogo entre Benfica e Sporting para a Taça de Honra.

    Que Benfica vai apresentar Jesus?
    O do Sporting será o da B (com Jeffren, Viola, Evaldo, Esgaio, Betinho).

    Quererá o Benfica começar a colocar o seu rival em (mais) crise?

    Uma derrota estrondosa poderá fazer muita mossa.
    Quem não se lembra quando Bento derrotou Fernando Santos no Guadiana (3-0)?
    Grande descuido da direcção neste momento importante da (pré)época.

    ResponderEliminar
  6. Cantinho, considerando que neste momento estamos a perder com os amadores canadianos do Kitchener, começo a achar que o primeiro balanço é para fazer a 18 de Julho :)

    Respondendo à questão, eu no lugar deles não hesitaria: daria tudo para humilhar o rival.

    ResponderEliminar
  7. "eu no lugar deles não hesitaria: daria tudo para humilhar o rival."

    Pois Koba, eu faria exactamente o mesmo. E isso é que é preocupante.

    Mas o Inácio vai comprar um defesa-direito. Só de pensar que na época passada tivemos nessa posição Cedric, Lopes, Pereirinha e Arias (e ainda jogou Dier) e, agora, vamos às compras (para tirar a titularidade do Cedric). Enfim...

    ResponderEliminar