14/07/2013

15 dias em jeito de resumo

Principais novidades destes 15 dias, a meu ver muito complicados para BC e consequentemente para o Sporting:

- Bruma alega a invalidade do contrato e não integrará o plantel da próxima temporada. Uma pena que se perca um jogador como Bruma. Responsáveis? Os representantes do jogador, o próprio Bruma e a direção do Sporting. De nada vale olhar para Godinho Lopes como o único responsável. Bruno de Carvalho e Inácio tiveram tempo mais do que suficiente para resolver este tema e a verdade é que mediaticamente o tema foi gerido de uma forma que sempre gerou muitas dúvidas. É que ganhar batalhas de mudanças de empresários, por si só, não chega. É preciso que haja benefícios palpáveis para o clube. A meu ver, trata-se do primeiro grande contratempo do mandato de BC. Pode ter ganho o primeiro round com a rescisão de Bruma com Zahavi, mas perdeu agora o segundo. Veremos como fica o combate, mas convenhamos que BC e o Sporting foram ao tapete e não é certo que se levantem antes do gongo soar...

- Maurício (DC) e Cissé (PL) foram apresentados. O segundo e terceiro reforços, respetivamente, depois de Jefferson (DE). Mais duas posições necessitadas e onde se antecipava que fossem contratados jogadores. No caso de Cissé, certamente terá um competidor mais experiente pelo lugar, o tal que se destina à titularidade. Conheço mal Cissé, mas aceito a aposta neste jogador, numa lógica de rotatividade e de potenciar um jovem jogador, como já tinha dito noutro post. Quanto a Maurício, não o conheço, mas agrada-me que o Sporting esteja no 2º mercado do Brasil (ou mesmo no 3º). Já o tinha dito aqui muitas vezes: quando um grande não tem dinheiro, em vez de contratar Limas ao Braga (ou Marcos Aurélios ao União da Madeira, dando um exemplo não tão recente mas que diz mais aos sportinguistas), pode ir buscá-los diretamente à fonte. Tem é que ser muito melhor na prospeção do que todos os outros. Espero que tenhamos acertado com Maurício.

- para PL titular, fala-se insistentemente de Fredy Montero. Já tive oportunidade de ver diversos videos no youtube e há um ponto em que não engana: tem qualidade técnica. Mas chegará para jogar sozinho na frente?

- fala-se, também insistentemente, do empréstimo de Pizzi. Com a saída de Bruma, agradar-me-ia muitíssimo. Com Pizzi e Carrillo (não acredito que Capel fique) teríamos uma dupla de extremos muito interessante. Esperemos que o PL corresponda efetivamente.

- Miguel Lopes saiu para o Lyon por empréstimo. Deste legado de Godinho Lopes, sim, BC pode queixar-se. É que Miguel Lopes seria um jogador que o Sporting provavelmente transferiria por 2 ou 3 milhões. Ainda que 50% fossem para o Dragão, sempre seria 1 ou 1,5 milhões encaixados e um salário alto fora do orçamento. Com a cláusula que garante 5 milhões ao FCP, obviamente que o negócio teria que ser um empréstimo. Boa solução mas...

- ... parece que teremos que encontrar uma alternativa a Cedric para DD. É que Arias foi vendido ao PSV, num pacote que incluiu também Schaars. Se não me oporia à transferência deste último (fosse qual fosse o valor, considerando a idade, o salário, a percentagem do passe e, ainda, o valor que por ele pagámos), a do primeiro só tem um nome: disparate. Difícil de acreditar que tenha sido aceite transferir estes dois jogadores em pacote por 1,6 milhões, ainda mais quando BC e Inácio (mais este) anunciaram aos sete ventos que não estávamos em saldos. Só se queriam dizer que, na realidade, a campanha não é de desconto percentual mas de "Pague 1 e leve 2". Segundo contratempo... Quanto ao DD, por ora parece-me que a segunda opção será Esgaio. Veremos.

- nada sobre o quinteto Evaldo, Boulahrouz, Onyewu, Pranjic, Bojinov. Confirma-se que o mercado quer quem nós queremos manter e não quem queremos empandeirar.

- Ghilas assinou pelo FCP. Terceiro contratempo? Para aqueles que achavam que o Sporting iria garantir Ghilas só porque foi treinado pelo Inácio, sim. Para mim, que desde cedo antecipei que iria para FCP ou Benfica (clubes com os quais agora não conseguimos competir em termos de oferta salarial), não. Só estranho a comunicação de BC sobre este tema, pouco clara e pouco precisa. Eu, pelo menos, fiquei sem entender a história do exercício ou não exercício da preferência.

Entretanto, ganhámos ao Tourizense por 4-0 no primeiro jogo da pré-temporada. Não conta muito mais do que isso: foi o primeiro jogo da pré-temporada.

Se me recordar (ou se me recordarem) de outros temas, darei também opinião. Mas creio ter coberto o essencial. Agora, ao trabalho porque como dizia o André Martins e muito bem (novo capitão?), com ou sem Bruma, quando o campeonato começar vamos jogar com 11. Convém (digo eu) que esses 11 treinem para que nessa altura possamos dizer que temos equipa.

1 comentário:

  1. Koba,

    mesmo só vendo um jogo ao vivo, não achei nada interessante a prestação do Arias contra a Oliveirense em Rio Maior. Apático e sem critério.
    Por isso, não sabendo o valor de aquisição, qualquer euro que equilibrasse o custo de aquisição seria para mim lucro.
    Relativamente ao Schaars, não quer estar aqui, eclipsou-se quando mais precisámos dele enquanto lider que dizem ser ( que não acredito que seja). Quem dá as entrevistas que dá a elogiar treinadores e "criticar" atletas deixa muito a desejar. É feio para o grupo de jogadores, é bonito para quem lê cá fora.
    Aquisições horriveis de cisse e de mauricio, mais valia estar quieto.

    ResponderEliminar