20/06/2013

Nomes de que se fala por aí (III)

Pizzi - volto a falar dele porque tem sido insistentemente referido como reforço, vamos ver em que condições mas é claramente uma opção de qualidade.

Bebé - bem sei que não é um jogador muito apreciado pelos "experts", que olham para Bebé e não conseguem desligar-se do facto de ser um jogador de futebol de rua: muito pouco rigoroso, com muito pouca "escola", zero jogo em equipa. Pois eu que percebo menos do que os experts, não sendo um grande fã do Bebé, acho que seria uma opção muito interessante (admitindo que ficam Bruma e Carrillo, e que Wilson Eduardo é reintegrado, com Bebé ou Pizzi fecharíamos o lote de extremos; Capel seria transferido, fica por perceber porque é que se diz por aí que Jeffren fica - gosto muito das suas qualidades, mas o seu rendimento é demasiado irregular).

Sílvio - aplica-se o que antes disse relativamente a Miguel Lopes: se não é claramente melhor do que os titulares, a polivalência vai acabar por sair cara.

Salin - tenho defendido insistentemente que precisamos de mais um GR. Resta saber se Salin, a entrar, vem na lógica certa - n.º 2 para disputar a titularidade com Marcelo. A ser assim, e por se tratar de um jogador livre, que conhece o campeonato e está satisfeito em Portugal, parece-me uma boa opção.

Christopher Gonzalez - um desconhecido peruano que... não conheço. Tenho vindo a dizer que o nosso MC tem algumas opções de qualidade, mas precisamos de mais qualquer coisa... um jogador diferente e que nos confira ali mais solidez. Mesmo admitindo a titularidade e crescimento de André Martins, entendo que deveria ter atrás/ao lado um "box-to-box" que funcione como jogador-chave da equipa. Isso, não temos - como disse em tempos, um Elias mas com vontade de jogar no Sporting ou um Duscher seriam perfeitos (parece que o jovem João Mário, que conheço mal, poderia fazer este papel, mas a meu ver como segunda opção de um jogador + experimentado). Já um tiro no escuro não me parece, sinceramente, uma ideia muito boa (a não ser que a ideia seja integrá-lo na equipa B).

Johane - jogador originário do Burundi, melhor marcador do campeonato de Moçambique. Mais um completo desconhecido mas, neste caso, como simplesmente não temos nenhum PL neste momento, e sempre defendi que tínhamos que contratar pelo menos 2 (Viola não é PL, embora possa jogar num sistema com 2 AV), concedo que a aposta num deles possa ser um pouco mais arriscada. E ainda há que admitir a integração do jogador na equipa B. Enfim, outra incógnita, esta mais aceitável, a meu ver.

Dupla de PLs argentinos de que ouvi falar na CMTV e nem me recordo do nome - aguardemos, com (muita) paciência, pelo PL titular. O suplente será tipo Johane (acima referido) ou Rubio, ou Betinho, ou por aí... Não deve dar para mais.

Sem comentários:

Enviar um comentário