30/04/2013

Por que me fazes sofrer assim?! (Parte II)

Foi isto. Sofrimento e nervosismo em excesso! Com um penalty de bandeja logo nos primeiros minutos ainda pensei que seria um jogo bem mais tranquilo do que estaria à espera. No entanto, o estranho recuo e amolecimento do Benfica deu espaço e confiança ao Marítimo e, depois de algumas ameaças, lá levámos com o merecido golo. Com ele, os fantasmas do passado e a angústia de cairmos numa espiral depressiva depois da Turquia. 

Felizmente houve um intervalo que reuniu e motivou as tropas para irem atrás do que tem que ser nosso! Nestes 15 minutos, não duvido que o senhor da foto em baixo tenha tido grande responsabilidade. Quando o Benfica corre pelo menos tanto como o adversário e disputa as bolas com a mesma intensidade, é impossível a qualidade não sobressair. O Porto pode ter qualidade suficiente para equilibrar um jogo mas o resto das equipas estão a grande distância. Mesmo com a esperada teimosia dos dois avançados num jogo fora, num campo complicado, depois de uma desgastante deslocação à Turquia e com um Rodrigo fora de contexto, o Benfica é claramente superior. E foi isso que se viu na segunda parte. Algum azar e adversários no caminho da baliza ainda fizeram duvidar, mas um ressalto lá tratou de colocar justiça no marcador e o Benfica na rota certa para o título.
 
Destaques:
- grande Enzo e Matic. Dupla fenomenal que com um 10 ao mesmo nível poderá ser cada vez mais fenomenal;
- Salvio a manter o pé quente e a qualidade;
- Lima a continuar a fazer a diferença. Como dizia um grande amigo meu tripeiro "este campeonato foi perdido quando o Pinto da Costa não desviou o Lima para o Dragão". Espero que tenha razão;
- Ola John, André Almeida e Rodrigo desinspirados.

O obstáculo mais difícil está ultrapassado. Nada está garantido mas está cada vez mais perto. Estoril tem a dificuldade de ser após mais um jogo europeu e esperamos que o Moreirense seja após uma final. Ou seja, o cansaço poderá ser o derradeiro adversário mas o Dragão ainda será uma óptima oportunidade para fechar as contas e agarrar o 33º.

Quinta estamos lá. Independentemente do resultado da eliminatória, espero que no final se oiça uma estrondosa ovação para que a equipa perceba que acreditamos e que estamos com eles até ao final. Eu lá estarei para aplaudir de pé!


1 comentário:

  1. Caro Gorbyn,

    Depois do semi-strip do Marcos Rojo, agora espetas com o Luisão em pelota. Este blog está a precisar de voltar ao registo de há uns meses!

    Entretanto, parabéns pelo campeonato. Só um desastre pode impedir o Benfica de fazer os pontos de que precisa para ser campeão (até podem bastar 4 se empatar no Dragão). Se perderem pontos, evitem fazê-lo com o Estoril. A gerência agradece!

    Abraço

    ResponderEliminar