08/04/2013

Apenas mais uma etapa

Preferi esperar pelo desfecho do Porto - Braga antes de escrever este post. Isto, porque fazia toda a diferença na forma como iria encarar a vitória do Benfica em Olhão. Eu sei que os homens do futebol preferem a conversa do "apenas interessam os nossos jogos" mas aqui não pretendo entrar numa de clichés. Assim e uma vez que o Porto ganhou, apenas se pode dizer que a confiança no Benfica se mantém inabalável. Não podemos ir além deste facto. A equipa está bem, não está a acusar a pressão, sabe perfeitamente a qualidade que tem e fisicamente está melhor que os adversários (mesmo aqueles que gostam de gabar o ritmo inglês, o jogar a cada três dias, etc, etc, devem ter achado piada ao ver os jogadores do Newcastle aos 70 min agarrados aos rins e permanentemente a arranjar as meias). Agora, entrar em euforias e começar a brincar com o "Reservado", esqueçam que não alinho nisso. Após esta jornada não ficámos nem mais nem menos favoritos. Se por um lado falta menos uma jornada, por outro o Porto ultrapassou um dos obstáculos mais complicados. Para a semana é a nossa vez: jogo fácil do Porto mas fora, jogo difícil do Benfica em casa. Somos bem melhores mas não gosto de brincar com motivações especiais, potenciadas por golpes de sorte nos últimos minutos, e sobretudo em derbys. 


Em Olhão, os melhores foram os do costume, Matic, Salvio, Enzo, ficando a faltar o habitual Lima e tendo um Gaitán genial a espaços. Nota para André Almeida que me continua a surpreender pela positiva.

Agora, contra o Newscastle, não há como não assumir a passagem e o favoritismo, até porque o calendário ajuda. Depois espero uma 2ª mão da Taça meramente para cumprir o calendário e aproveitar para rodar o plantel e depois a carga toda no campeonato. Continua a existir pouca margem para deslizes e se não queremos ter um jogo de vida ou de morte no Dragão, não dá sequer para permitir um empate. 


Sem comentários:

Enviar um comentário