08/11/2012

Vitória com sabor amargo

Com todas as limitações que se conheciam, Jesus optou e bem por André Almeida a trinco e apostou e muito bem em Ola John. Quanto a Rodrigo não terá saído tão bem e acredito que, apesar dos golos que Cardozo marcou, que a melhor solução teria sido mesmo o reforço do meio-campo. Foi uma primeira parte bastante fraca, em que o Benfica dominou claramente mas com raras oportunidades de golo. Para além de receberem poucas bolas, a dupla Lima/Rodrigo estava longe de mostrar entrosamento.

Na segunda parte, o Benfica melhorou com a equipa a fazer maior pressão e subindo em bloco no terreno. Lima soltou-se, esteve mais activo e parece dar-se melhor a jogar com um Cardozo a segurar os centrais. E foi com jogadas pelo lado esquerdo que o Benfica fez as jogadas e cruzamentos para os golos de Cardozo. Depois o parguaio voltou a falhar um penalty e com um jogador a mais e reforço do meio-campo pela saída de Lima, só nos últimos finais é que o Benfica soube trocar a bola e fazer o adversário correr. Pelo meio, o puto da Geórgia ia dando um trabalho louco ao lado direito da defesa e chegou a cheirar a golo dos russos. Valeu São Artur e remates com fraca pontaria.



- Artur esteve em altíssimo nível a responder da melhor forma aos poucos mas muito complicados lances em que foi chamado a intervir; 
- Melgarejo fez um jogo muito certinho, parecendo tremer cada vez menos nas funções defensivas. No entanto, precisa urgentemente de aumentar o nível e começar a provocar mais desequilíbrios no ataque como aconteceu no primeiro golo;
- Garay mantém-se à prova de erros;
- Salvio está com dificuldades em voltar ao fulgor que apresentava antes da lesão. Fico até com a ideia que não está completamente recuperado, já que são raras as vezes em que arrisca o sprint;
- André Almeida assumiu as suas funções e cumpriu.
- Ola John está a melhorar a cada jogo e esta foi a partida em que começou a conquistar o terceiro anel. Com o Benfica a ganhar e depois da assistência para o segundo golo, a confiança que adquiriu deu direito a dribles sucessivos e muitos aplausos;
- Cardozo, o normal. Não é vistoso, é lento mas é quem normalmente coloca as bolas dentro da baliza. Também o penalty falhado já começa a ser normal.

Com a vitória inesperada do Celtic, depois da ameaça de empate do jogo anterior, está quase fechada a porta da Champions e a Liga Europa surge como desfecho mais provável. É pena pois seria preferível passar a fase de grupos e cair logo nos oitavos, garantindo um importante encaixe financeiro e consequente reforço da equipa para depois se concentrar no que realmente interessa, do que avançar até uma fase mais adiantada da Liga Europa com o desgaste que tal acarreta.

Sem comentários:

Enviar um comentário