05/11/2012

Um pouco de FM para quarta?

Face às dificuldades geradas por lesões e castigos, é difícil existir algum consenso sobre as escolhas que Jesus deveria fazer para o onze inicial de quarta-feira. Sendo assim, nada como  recordar o tempo em que tinha a possibilidade de perder horas e horas em frente a um computador para simplesmente gerir plantéis e fazer este mesmo exercício para o jogo com o Spartak.


Bom, para começar, a táctica: se no campeonato até consigo perceber a opção de dois avançados, na Champions, para mim, tem que ser meio campo reforçado. Sei que com as várias ausências é tarefa complicada mas, face à falta de rotinas e experiência das possíveis soluções, acho que se deve apostar num maior número de jogadores e minimizar as consequências de eventuais erros nesta zona do terreno.

Sendo assim:

- Artur, Maxi, Jardel e Garay, não geram grandes dúvidas;

- do lado esquerdo, apostava em Luisinho até porque Melgarejo vem de lesão;

- no meio campo, André Almeida, Pérez e Bruno César. André Almeida a trinco porque fez vários jogos nesta posição na equipa B e assim tem mais rotinas para o lugar do que qualquer outro jogador. Pérez é indiscutível no onze titular. Bruno César porque, apesar de não me convencer, tem experiência de Champions e nesta competição ainda conta bastante.

- nas alas Salvio e Gaitán. O primeiro também não deverá gerar dúvidas e Gaitán porque, na Champions, ainda parece preocupar-se em jogar futebol;

- na frente Lima porque está em excelente momento de forma.

Esta equipa é bem diferente da que acho que Jesus vai colocar (Artur, Maxi, Jardel, Garay, Melgarejo, André Gomes, Pérez, Salvio, Gaitán, Lima e Cardozo) mas ainda há várias hipóteses a considerar. André Almeida a defesa direito, Maxi a trinco? André Almeida só com Pérez? Bruno César na esquerda para descair para o meio? Qualquer que seja a solução, será sempre necessária alguma criatividade...


Sem comentários:

Enviar um comentário