02/10/2012

Eu bem dizia (III)

Ou melhor, nós bem dizíamos, tanto eu como o Gorbyn.

Aqui, por exemplo, ambos defendemos que merecia o 11 do ano.

E aqui ambos concordámos que merecia um lugar no Euro.

Serse Cosmi, o seu treinador no Siena, diz dele que joga com a personalidade e a segurança de um veterano.

Mas, em Portugal, apostar nas evidências não tem graça nenhuma. O que tem graça é jogar à roleta russa...

No próximo ano, lá estará ele no FCP, depois de empandeirado o Rolando para Itália num negócio triangular qualquer.

É a vida...

2 comentários:

  1. Confesso que não o conheço bem. O gajo é assim tão bom?

    Galaad

    ResponderEliminar
  2. Para mim, no ano passado foi dos melhores centrais a jogar em Portugal. Aliás, esteve na mira do Benfica. Mas como tem sido norma em todos os grandes (sem exceção) o Benfica acabou por preferir um estrangeiro (no caso, o Jardel).

    Quanto ao Sporting, teria + dificuldade em contratá-lo devido aos problemas com o Nacional. Mas "gastou" sensivelmente o dobro com o Rojo (mas percebe-se um pouco melhor porque é esquerdino e pode fazer de lateral esquerdo). E tem contratado Boulahrouz, Onyewus, etc (ok, vêm a custo zero, mas quanto custam por ano?).

    N'A Bola de hoje dizem que o Inter e a Juve andam a observá-lo, mas isto vale o que vale...

    ResponderEliminar