30/08/2012

Benfica e o sorteio da Champions

A meio do sorteio, dava por mim a pensar que, depois da selecção nacional ter caído no grupo da morte, a mesma sorte estava destinada ao Benfica. Quando se definiu o nosso grupo, um dos dois clubes que mais gostaria de evitar já estava no grupo do Benfica e ainda havia alguns ossos duros de roer no pote 3 e 4. Acabaram por não sair mas também os mais desejados do pote 4, nada quiseram com o grupo G, quer por simples azar ou por força dos vários constrangimentos que as regras do sorteio impõem.


Barcelona, Spartak e Celtic são os adversários que saíram. Não deixa de ser um grupo em que o Barcelona é claramente o favorito mas em que, apesar de algum equilíbrio entre as restantes equipas (teórico pois não vi qualquer jogo das outras equipas), considero que o Benfica apresenta alguma vantagem pelas últimas prestações europeias. Arrisco dizer que é daqueles grupos em que será necessário todo o cinismo e calculismo que cada vez mais caracteriza esta competição. Oito pontos, considerando empates em Glasgow e Moscovo em contrapartida com vitórias na Luz, deverão ser suficientes para passar à próxima fase. Só que, de acordo com o calendário, obrigará a uma corrida de trás para a frente e a jogar a 2ª volta com pouca margem para erros.

Calendário:
1º jogo: Celtic - Benfica (19 Set)
2º jogo: Benfica - Barcelona (2 Out)
3º jogo: Spartak - Benfica (23 Out)
4º jogo: Benfica - Spartak (7 Nov)
5º jogo: Benfica - Celtic (20 Nov)
6º jogo: Barcelona - Benfica (5 Dez)

Um jogo perfeito em casa contra o Barcelona e um Barcelona já qualificado na última jornada, poderão render pontos preciosos. No entanto, um desgaste exagerado na Catalunha poderá ter grande impacto na preparação e desempenho no jogo seguinte contra o Sporting, em Alvalade. Espero que, pelo menos, o Sporting seja obrigado a semelhante desgaste na 6ª jornada da Liga Europa e que Jorge Jesus não duvide, desta vez, daquilo que mais importa. 

Sem comentários:

Enviar um comentário